Flexcor
DHRA - Soluções Técnicas e Anticorrosivas

Entre em contato:

vendas@tintasanticorrosivas.com.br

(11) 97300-4349 | (11) 4115-4759

Informações Técnicas

  Tintas Epóxi ou Epoxídicas


Tintas Epóxi ou Epoxídicas

Estas tintas são de alta performance e de custo médio, que as tornam de grande uso para combate aos problemas de corrosão no Brasil. Sua importância de suas propriedades de aderência e de alta resistência química, apresentam também alta resistência à abrasão e ao impacto. As tintas epóxis proveniente da resina epóxi que são polímeros que contêm em sua estrutura molecular a presença do grupo epóxi.

Grupo Epóxi:

tintas2Dentro das resinas epoxídicas de maior interesse para a fabricação de tintas anticorrosivas são obtidas a partir da reação química de condensação da epocloridrina com bisfenal A (difenilolpropano), segue reação:

tinta3

Atualmente as tintas epóxi são umas das mais importantes, e certamente as mais versáteis no combate a corrosão, isto devido a sua resina que apresenta diferentes grupos reativos na sua estrutura, como os grupos epóxi e hidroxila (OH). Os grupos epóxi podem, reagir com agentes de cura ou de reticulação, também conhecidos como endurecedores, a base de aminas alifáticas, aromáticas, cicloalifáticas, poliamidas, adutos epóxi-amina. Os grupos hidroxila podem reagir com poliisocianatos (R – N = C = O). Por este motivo a resina epóxi pode-se formular e fabricar uma grande variedade de tintas de fundo, intermediária e acabamento com diferentes propriedades físico-químicas capazes de resistirem às mais diversas condições de exposição e de trabalho das estruturas ou dos equipamentos.

A reação química entre a resina epóxi e um agente endurecedor ou agente de cura (Catalisador), que também é uma resina, são chamadas tintas de dois componentes. Depois da mistura, a tinta tem um tempo para ser aplicada, chamado de pot-life, após esse tempo a tinta endurece não mais permitido sua utilização. Uma característica negativa das tintas epóxi é quando expostas ao intemperismo natural, apresentam fraca resistência aos raios ultravioleta, e como consequência perdem o brilho e cor muito rapidamente. Além disso, apresenta a formação de empoamento ou gizamento (chalking), fenômeno no que corresponde a uma degradação superficial da resina pelos raios ultravioleta, fazendo com que o pigmento fique solto na superfície.

As tintas epóxi curadas com aminas (aduto de amina) apresentam a excelente resistência a ácidos, álcalis e solventes e menor tempo de secagem. Desvantagem, são difíceis e serem aplicadas em locais com umidade relativa do ar elevada, devido à reação da amina com a umidade, alterando as características da película pela formação de um composto denominado quetimina.

Tinta  Epoxi

As tintas epóxis curadas com poliamida apresentam menor resistência a solventes, álcalis, ácidos e demoram mais a secar. Tem grande resistência à água e fáceis de serem aplicadas em um ambientes com umidade relativa
elevada. Dão origem a películas mais flexíveis e aderentes do que as endurecidas com aminas. Tinta Epoxi curadas com poli-isocianto são produtos com elevadaresistência química. São tintas indicadas como promotora de aderência de sistemas de pintura em superfícies de aço galvanizado é formada pelo sistema de resina epóxi e poli-isocianato alifático.

Tintas epóxi sem solvente, formuladas com resina epóxi líquidas, juntamente com agentes endurecedores ou de cura, têm sido usadas para aplicação sem solvente, permitindo a obtenção de revestimento de alta espessura de película e bastante resistentes aos agentes químicos. Tem sido desenvolvido tintas tolerantes à umidade, que certamente serão cada vez mais utilizadas em conjunto com hidrojateamento.

As resinas epóxi-fenólicas são utilizadas na fabricação de tintas anticorrosivas, aonde se deseja uma elevada resistência química. São obtidas da reação de epoxidação de resinas fenólicas “novolac” com epicloridrina. Os polímeros obtidos são multifucionais, o que permite obter um numero elevado de ligações cruzadas, utilizando-se agentes de reticulação ou de cura. Em função disso é que as tintas fabricadas com este tipo de resina possuem boa resistência a produtos químicos de ácidas, bases, solventes, sais.

Podem ser usadas em faixas de temperatura mais elevadas até 230°C. São muito utilizadas as tintas epóxi tolerante à pouca limpeza, com grande capacidade de aderência em superfícies limpas com ferramentas mecânicas manuais, especialmente por martelete de agulha. Estas tintas são formuladas para atingir uma espessura seca da ordem de 120 a 150µm por de mão e com pigmentos lamelares do tipo óxido de ferro micáceo ou alumínio, proporcionando excelente proteção por barreira, sendo denominadas epóxis mastiques.

Tinta Epoxi

As tintas epóxi mastique vêm tendo um grande incremento em seu uso em manutenção industrial, particularmente em locais onde o jateamento abrasivo for de difícil execução. As tintas epóxis mastiques são indicas para atmosfera altamente agressiva e para imersão, quando não for possível uma limpeza por jateamento abrasivo.

A resina epóxi combinada com a resina de alcatrão de hulha (‘coal tar”) dá origem às chamadas tintas epóxi alcatrão de hulha (“coal tar epoxy”), que são amplamente utilizadas na proteção anticorrosiva de estruturas metálicas enterradas, imersas em água doce, água salgada ou sujeitas a eventuais contatos com produtos químicos.

Também em atmosferas de alta agressividade são utilizadas as tinta de fundo epóxi rica em zinco, com teor de zinco metálico na película seca superior a 88%.

Topo da página